Translate this page:

Tróia

Nesta viagem a região do Egeu ( http://ondeporai.blogspot.com/2012/02/izmir.html ) visitamos a famosa cidade de Tróia... ao menos o que sobrou dela. Também conhecida por Ilios e Wilusa. As lendas sobre a origem e destruição e fim da cidade são muitas, assim como os mitos sobre a Guerra de Tróia.
Entrada do sítio arqueológico de Ilios, Tróia
O seu sítio arqueológico localiza-se perto de Ayvalik, há 150km de distancia, cerca de 2,5h de estrada.
É bom fazer a visita com um guia que lhe explicará tudo, assim a visita será bem mais interessante.

Objeto e muros de Tróia I
No local é possível identificar as diversas cidades sobre postas, sendo a primeira chamada de Tróia I, que data de 3.000 a.C. até Tróia IX, que data de 100 a.C ao século IV.
Com origens na Idade do Bronze e declínio durante o Império Romano, a cidade é um marco da história.

Rampa de entrada de Tróia II
Na foto acima é possível ver a rampa de entrada de Tróia II, que data de 2.600 a.C. e os muros da cidade.
As primeiras escavações foram realizados pelo alemão Heinrich Schliemann, que descobriu duas cidades  sobrepostas, e as chamou de Tróia I e II. Durante suas escavações ele encontrou um tesouro! Um conjunto de jóias em ouro e artefatos junto a Tróia II, conhecidos como o Tesouro de Priam. Ele acreditou que o tesouro era da época de Príamo, Troía VII, 1.300 a.C. período em que pode ter ocorrido a famosa Guerra de Tróia. Contudo, ainda dá incertezas e muito a escavar em Tróia.

Muralhas de Tróia I a IX sobrepostas

 Na foto acima é possível ver todos as muralhas de proteção das cidades de Tróia I a IX sobrepostas.
Os diferentes níveis e tipo de construção evidenciam as épocas distintas. Não se sabe ao certo a razão da destruição, abandono e reocupação da cidade por diversas vezes.

Pequeno anfitiatro Troiano, Odeon
 O que segue mas bem consevado são as construções de Tróia VII e IX, como o anfitiatro em quase perfeito estado na foto acima. Durante este período, após a Guerra de Tróia e possível terremoto, a cidade foi abandonada por 200 anos sento retomada e reconstruída, e novamente inabitado até 100 a.C. quando foi fundada a cidade Romana de Ilios, e seu declínio gradual deu-se após o século IV com o aparecimento da capital Romana de Costantinopla, até enfim desaparecer.

Réplica do Cavalo de Tróia, segundo lenda dobre a Guerra de Tróia

Na saída do sítio arqueológico, é possível tirar uma foto com a réplica do Cavalo de Tróia citado nas lendas sobre a Guerra de Tróia. É possível subir no mesmo e tirar fotos de dentro dele.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...