Translate this page:

München: Intercâmbio na Alemanha

Servus!

Vou escrever mais uma vez sobre Munique, mas desta vez do ponto de vista não de um turista, mas de um intercâmbista. E como muitas pessoas vieram me perguntar sobre intercâmbio na Alemanha, inclusive amigos próximos, to dando prioridade para este post, mais tarde coloco os destinos anteriores a este.

Bem, primeiro passo para quem quer estudar seja na Alemanha, ou em outro lugar, é entrar no site da embaixada e verificar a necessidade de visto e como tirá-lo, além de buscar informações sobre quais documentos são exigidos para ingresso no país.


Para brasileiros que pretende ir a turismo ou para estudar alemão por menos de 90 dias, não é exigido visto. Para estudar alemão você precisa ter passagens de ida e volta, seguro viagem, prova/reserva de acomodação (caso você vá ficar em casa de família você precisará de uma carta de convite da mesma, com assinatura e copia de algum documento de identificação de quem vai te receber), além da carta de matrícula junto a uma escola reconhecida com mínimo de 15h semanais de aulas. E é claro, você precisa provar ter recursos.

Caso voce vá ficcar mais de 90 dia, voce precisa tirar o visto no Brasil, ou já na Alemanha.

Uma curiosidade é que pra fazer estágio na Alemanha por menos de 90 dias, você também não precisará de visto, apenas da autorização do ministério do trabalho oficializando o pedido da empresa, a ser apresentado na imigração, além daqueles documentos básicos como seguro viagem, passagens, e etc.


Pela Alemanha você encontra cursos que variam de €260 a €1200 por mês, por 15 horas semanais. Munique é o lugar com cursos mais caros, mas eu consegui um bom curso por €260, mas para apenas 12 horas semanais, e paguei um extra €85 para ter mais 3 horas nas sextas, totalizando 15 horas semanais €345/mês. Acomodação por aqui também é cara, mas você encontra um quarto no centro por uns €600/mês já incluindo contas.

Já em Berlim e cidades do interior você encontra cursos baratos com facilidade, e acomodação bem mais barata também.


Meu roteiro começou por procurar passagens para Munique, e com todas as milhas que andei acumulando, resolvi torra todas! Então emiti uma passagem de ida em classe económica pela TAM, por 40.000 milhas mais R$120 de taxas. A volta foi em primeira classe com a Lufthansa, também adquirida com através da TAM por 60.000 milhas, mais uns R$120 em taxas. No total foram 100.000 milhas, e ainda sobraram umas 18.000 milhas, e ainda gastei R$240 com taxas, indo de económica e voltando com primeira classe… ah, a primeira classe… e sem limite de bagagem. O melhor foi que era primeira classe num Boeing 747 (aquele de dois andares, no qual o segundo é só para primeira classe), ganhei uma nécessaire da Rimowa, além de outros kits e mimos. Os atendestes falavam 5 línguas, incluindo um que falava português. Além de tudo as pessoas nos assentos ao meu redor eram super simpáticas, e fui batendo papo durante o voo.

O meu segundo passo foi providenciar a carta de acomodação com a família que me receberia. Peguei o modelo, e fiz um pdf com os dados pessoais de quem me receberia, em inglês, português, e alemão. Os enviei por e-mail, as cartas, cada uma numa língua, foram assinadas, e enviadas pelos correios, demorando até 14 dias para chegar. E elas foram pedidas no momento de ingressar vindo do Rio, e também na hora de re-ingressar, vindo de Marrakech.


O terceiro passo foi providenciar a matrícula junto a escola para um mês de curso… deu errado, pois nas vésperas eu obtive a informação de que não haveria curso para iniciantes nas datas requisitadas, então tive de procurar outra escola faltando 14 dias para a viagem, e tal carta de matrícula seria necessária na imigração. No final tudo deu mais do que certo, a escola anterior custava €1020 por mês, e depois encontrei uma por €345, muito boa como já dito. Na escola inteira, só tinha 2 brasileiras! Eu e uma outra carioca que acabou se tornando uma amiga. O curso foi na DeutschAkademie de Munique, veja o site deles: http://www.deutschakademie.de/. Uma vez matriculada, com ajuda da família que me receberia… eles pagaram meu curso para agilizar a matrícula, e em 3 dias eu já tinha a carta de matrícula para entrada na Alemanha.

Depois veio a compra do seguro viagem com a Mondial Travel por volta de R$500 para os 85 dias que eu passaria pela Europa, com pagamento parcelado. E para finalizar coloquei uns euros no meu VTM e troquei reais por dinheiro vivo no HSBC que dá uma cotação quase que igual a comercial para correntias. 

Uma vez na Alemanha me pediram os documentos todos e foi tudo tranquilo, apesar de burocrático. Os oficiais dos aeroportos na Alemanha são bem tranquilos, sempre de bom humor, e não gritam com ninguém de forma gratuita, como eu já vi acontecer por outros países.

Para circular por Munique de S ou U-Bahn (metro de superfície e subterrâneo) você precisará comprar tickets de €2,50 ou adquirir um Isar Card para uso ilimitado das linhas, por uns €28/semana você roda todas as zonas quase, mas ficando só pelo centro vai te custar apenas €12/semana. Para obter mais informações sobre os valores: http://www.mvv-muenchen.de/de/tickets-preise/preise/index.html

Para se comunicar com o Brasil sua melhor opção é o Skype, mas você pode adquirir um celular muito bom por uns €70 desbloqueado, e adquira o chi pela internet, no Ebay, alguns tem promoções junto a mini cartões de memória para celular. Adquiri meu Chip (Sim card) por €3 e veio com um mini cartão de memória pra celular de 8 Gb da Kingston, mais €12 em crédito para ligações.


Munique não é uma cidade para fazer compras, as roupas são um tanto caras, mas tem uns achados que você não vai ver em nenhum lugar! Se você for ao subsolo das grandes lojas como Karlstor e Galeria Kaufhof não será difícil encontrar diversos artigos e roupas em promoção, com roupas de Ski por metade do preço. 

Aliás… para quem quer praticar Snow Board ou Ski, existem várias estações nos Alpes, a 30min de Munique, em direcção a fronteira com a Áustria.

Se voce ainda tem dúvidas sobre alguma coisa, pode perguntar!

Servus!

p.s.: abaixo uma tabela com custos de 2012 para o seu intercambio para Munique. Para Berlin há economia de 20% a 50%.

erratas: "Escola curso de ALEMAO!"

5 comentários:

Liliane disse...

Oiii, Luiza!

Voltando ao assunto do intercâmbio na Alemanha, qual escola você recomenda? O que acha da DID? E a Humboldt, Sprachcaffe, GLS...

Ótima dica essa dos dialetos, tinha esquecido disso, mas agora pra onde ir? agora fiquei super na dúvida. Qual dialeto escolher?(?)

Quais cidades você acha que tem menos brasileiros? Cologne, Constance, Düsseldorf, Ellwangen, Freudental, Lindemberg, Ratzrenried seriam opções? Hamburgo e Frankfurt estão fora?

Desculpe o excesso de dúvidas, não achei quase nenhuma informação sobre intercâmbio na Alemanha na internet. Tudo esparso, parece que ninguém vai pra lá pra estudar, só conta do dia a dia, o que é secundário nesses momentos iniciais...

Mais uma vez agradeço!

Liliane

Luiza disse...

Liliane,

eu tive o mesmo problema que você, quase não tem informação sobre intercâmbio na Alemanha.

Sobre a escolha da escola, eu fiz na DeutschAkademie, que julguei ser muito boa, e não conheço ninguém que tenha feito nas demais. Contudo a GLS e o Goethe Institut também me parecem bons.
Já o dialeto, você só deve se preocupar com isto se for para uma cidade pequena, principalmente na região da Bavaria.
Eu evitaria Berlin, Frankfurt, e Leipzig. Cidades como Munique e Hamburgo não tem tantos brasileiros, pois os cursos são caros e o aluguel também... sem falar que são um charme. As cidades pequenas além de te livrarem dos brazucas, ainda tem a vantagem dos preços.

Abs,
lu

Sítio Casarão disse...

Muito bom!
Divulgamos seu blog em http://sitiocasarao.blogspot.com
Abraços!

Luiza disse...

Obrigada pelo apoio!!!

Abs,
Lu.

Gabriela disse...

Oi Luiza, tudo bem?
Gostei muito do seu blog, as histórias são ótimas! Também fui intercambista, e me identifiquei com muitas coisas que você contou =)
Tenho um site que reune blogs de intercambistas, se chama “Intercâmbio Blog”. Seria muito legal se você divulgasse seu blog lá! É de graça, na verdade fiz para ajudar futuros intercambistas a encontrar todos os blogs da cidade/país de destino em um só lugar.
É só acessar www.intercambioblog.com.br e adicionar o link do seu blog.
Por favor, participe! Com certeza muitas outras pessoas também vão gostar de saber sobre a sua experiência =)
Bjs, Gabi.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...