Translate this page:

Marrakech


Marracaos!

Sabe aquela novela que agora está passando em Vale a Pena Ver De Novo? Sim, aquela de 2001, que se passava nesta pais lindo e místico chamado Marrocos, nas cidades de Fez e Marrakech... bem, eu assisti, e melhor do que esta novela, só Xica da Silva. Detalhe: eu odeio novela! Então tinha de ser muito boa pra me prender a cada capítulo.

Fiquei encantada pelo país, e sempre sonhei em visitar, mas sempre achei que não passaria de um sonho... mas graças a Alah, agora faço parta da classe F-E: fudidos emergentes; e pude realizar este sonho.

Para ir ao Marrocos, brasileiros não precisam de visto, e existem passagens baratas saindo da Europa, apartir de €60 ida e volta.


Comprei minhas passagens saindo de Munique para Marrakech com a Air Marrocos, em janeiro 2011, pagamos cerca de €200 por pessoa para ida e volta, com pouca antecedência. Também reservamos o hotel, buscando por algo rústico e característico da região, e rservamos uma Riad, é básicamente uma pousada, geralmente regida por uma família, em uma casa com muitas suítes e um lindo pátio interno, além do terraço. 



Pelo trip advisor achamos a Riad El Sagaya, para passarmos 7 noites, por 4480 Dirhams Marroquinos, o que dava €400 no dia; ou seja, €58/noite para dois, em ótima suíte com banheira, e café-da-manhã incluso. Esta Riad não está localizada próxima a Grande Praça, Jemaa el-Fnaa (Grand Place), o que achei ótimo, parece brincadeira, mas o Souk é um grande labirinto, achar sua Riad lá após as 20h, quando tudo fecha, ia ser não só um desafio, mas também macabro, já que as ruas ficam desestar e apenas os meninos que pretendem tirar vantagem em cima de turista aparecem.


Bem, a cidade não é bonita, bem diferente do cenário na Projac, contudo a cidade é extremamente fotogênica. Quando vi as fotos, já em casa, eu pensei: nossa! que lugar lindo, quero ir lá?

Os monumentos não são bem cuidados, e muitos palácios estam abandonados, se restaurados seriam lindos.

Chegamos a cidade, e quem nos buscou no aeroporto foi o dono da Riad, por apenas €15, fomos recebidos com o chá típico, nos foi fornecido um mapa, e muitas introções sobre o que evitar, por onde andar, e outras dicas. Logo pegamos nosso mapa e fomos desbravar a cidade, nos perdendo pelo mercado e visitando alguns pontos turísticos até chegar a Jemaa el-Fnaa. No caminho apareceram vários meninos querendo nos mostrar o caminho e nos seguindo. Primeiramente eles chegam oferecendo "ajuda" e perguntam onde você quer ir, caso tenha um mapa na mão eles vêem o que você procura, apontam no mapa e mostram a direção, e, sem escolha, você deve tomá-la mesmo que tenha descobrido por si só, e ai começa a perseguição, e eles seguem te dando instruções mesmo sem você pedir ou até negando, ao chegar no local eles pedem dinheiro e não te deixam em paz, e vários outros meninas chegam para te deixar com medo. Acredito que roubo não aconteça, pois é um país islâmico, e se você procurar a polícia, eles devem ter problemas. Contudo, eles são bem insistentes, e incovenientes. O segredo é ignorá-los, e não olhar nos olhos, ou seja, ignore até mesmo através da ausência de contato visual. E se souber a direção antes deles mesmos, indique e brinque, "cette direction!".


Já ia esquecer de comentar, antes de viajar para o Marrocos, aprenda um pouco de francês, pois vão ser útil. Não é primordial, mas vai ajudar muito, poupando tempo e suas habilidades com mimica.


Ao chegar na praça já ao por do sol, começa a disputa por clientes. São diversas barracas de comida de rua, e eles te puxam para dentro da barraca, e já colocam pão e azeitonas para te cobrar, é inacreditável, eles te puxam mesmo, te pegam pelo braço com força, e já vão querer cobrar o couvert se você tentar sair. Dou então a mesma dica que dei sobre os meninos, ignore-os, e nada de contato visual, olhe a comida e ignore-os. Se decidir por algum lugar, negocie o preço antes, muitos cardápios não tem valor, e se você não tiver moeda local, eles podem cobrar um câmbio de 1:1 para o euro, o que é inacreditável, já que o real câmbio é 1:10, isto tudo para tirar vantagem do turista. Nunca aceite, e sempre negocie antes os valores, o mesmo com os taxis e todas as outras coisas. Assim que fui puxada e decidi ficar ali mesmo, já negociei todos os preços e converções, mesmo assim, na hora da conta, malandramente veio em euros naquele 1:1, e claro que eu resmunguei, e se você for simpático eles tiram vantagem, então seja grosso mesmo, e já dá o que quer pagar, ou até menos o valor real acordado antes, pra mostrar que você está com muita raiva mesmo, e já vai levantando. Eles vão aceitar a conversão real se você insistir e fizer isto.



Já pela manha, a praça fica cheia de barracas com especiarias, e muitas vendendo suco de laranja, que custa apenas 3 dirhams o copo. Os restaurantes ao redor da praça não são tão bons, contudo servem comida local, e você não terá surpresas na hora de pagar, além da linda vista da praça especialmente ao por do sol. Dá pra comer muito bem nestes restaurantes por R$80 para duas pessoas.



Quando você visitar as Tombes Sâadiennes, e o Palais El Badiî, além do Palais El Bahia, não deixe te comer nos restaurantes que se localizam em uma praça por ali por perto. São extremamente baratos, o típico couscous marroquino é bem servido, contudo, não é um dos lugares mais limpos do mundo. Os palácios citados e as tumbas, são lindos e valem uma visita. As entradas geralmente não passam de €5 para qualquer monumento.


No dia que estiver andando perdido pelo Souk não deixe de parar no Café des Épices, ou no La Terrasse des Épices, este segundo é mais caro, ambos ótimos! O primeiro eu julgo mellhor que o segundo, em seus sucos, e principalmente saladas! 


Durante as comprar pelo Souk não deixe de negociar, e não tenha medo de dar 5% ou 10% do valor dito pelo vendedor, pois eles multiplicam o preço real por 10! E uma vez que tenha um bom preço, não pechinche €1 ou €2 (dependendo do valor total do produto) pois você só vai perder tempo e irritar o vendedor. Passando pelo local onde você vê eles tingindo os tecidos dentro de casa, você vai entrando e logo vai aparecer um menino te enchendo o saco pra ser seu guia; desta vez, ceda, eles vão te mostrar tudo, e dê uns €2-€5 dependendo da simpatia, no final to tour. Caso decida comprar alguma coisa que eles mostrem, lembre que ele ganha uma parte da venda, e ele não vai parar de te mostrar lojas no final do tour enquanto você não o pagar ou comprar algo para ele faturar. Caso decida comprar scarves tingidas ali (ou não quem sabe vem da china) não de custar mais de €7 cada... negocie!


Outras comprar boas pelo Souk são as chaleiras, de prata (não coloco fé que seja prata mas é um bom metal) de tamanho médio a grande, para servir e não para decoração, vão custar €10-€15 dependendo do tamanho. Das de latão, que não são usadas para servir, e são bem leves você vê e sente a diferença, estas custam não mais do que €5.


Após um dia de compras, quando a noite chegar, e você não quer ter de negociar também o preço do seu jantar, e está com vontade de ter bons drinks em um dos raros lugares que vendem bebidas alcóolicas, você não pode deixar de ir ao Café Arabe, que tem 3 ambientes distintos, e um cardápio que sai da rotina do couscous.


Estando em Marrakech você terá várias opções de tours para as montanhas ou para o deserto, e estes tomarão dias e noites..., mas se quiser algum passeio para fazer durante o dia e basta, recomendo o quadtour da empresa Dunes & Desert, que custará €75 por piloto e €35 por passageiro, passando por cidades do interior, com uma linda vista das montanhas Atlas, e com direito a parada em vila berbère para tomar o chá típico e comer um pouco.


Outro tour que deve ser interessante é para Ouarzazate, onde você vai ver cenário de filmes que foram gravados no Marrocos, como Sex in The City 2, que não pode ser gravado nos Emirados Árabes, ao custo de 300 dirhams (€30) por pessoa. Eu não vou mentir, tive problemas com a empre Hilali Sand Tours, recomendada pelo Bruno de Luca. O motorista era um suicida, e não falava inglês, e seu francês era bem difícil de entender. Não houve guia, apenas o transporte, e não obtivemos nenhuma informação sobre os pontos que visitamos.
De qualquer forma, ai vão os sites das empresas citadas:

Também não deixe de visitar os Jardins de la Ménara, a Medersa Ben Youssef, Jardin Majorelle, e etc.


Que sua viagem a Marrakech seja melhor do que a minha.
Incha'Allah!


2 comentários:

Viagens marrocos disse...

Viagens em marrocos oferece uma grande variedade de passeios marroquino incluindo passeios culturais, Desert Tours , Mountain Tours, Praia Tours excursaoes no deserto do saara . toure cidades imperiais e ait ben haddou, , deserto saara, dicas de viagem, gorge du dades, gorge du todra, marrakech passeio, marrakesh passeio, marraquexe passeio, marrocos, merzouga, morocco, o que fazer marrakech, o que fazer marrakesh, o que fazer marraquexe, o que fazer marrocos, ouarzazate, passeio deserto, passeio saara, roteiro marrocos, viagem deserto, viagem marrocos muito mais . o passeio de ônibus lotado e vêm ter um diferente aventura em seu lugar. Viagens-em-marrocos.com, um familiar empresa de transporte convida você a explorar e experimentar Marrocos em um de nossos veículos 4×4.para mais informacoes contata-nos www.viagens-em-marrocos.com

Viagens marrocos disse...

Viagens em marrocos oferece uma grande variedade de passeios marroquino incluindo passeios culturais, Desert Tours , Mountain Tours, Praia Tours excursaoes no deserto do saara . toure cidades imperiais e ait ben haddou, , deserto saara, dicas de viagem, gorge du dades, gorge du todra, marrakech passeio, marrakesh passeio, marraquexe passeio, marrocos, merzouga, morocco, o que fazer marrakech, o que fazer marrakesh, o que fazer marraquexe, o que fazer marrocos, ouarzazate, passeio deserto, passeio saara, roteiro marrocos, viagem deserto, viagem marrocos muito mais . o passeio de ônibus lotado e vêm ter um diferente aventura em seu lugar. Viagens-em-marrocos.com, um familiar empresa de transporte convida você a explorar e experimentar Marrocos em um de nossos veículos 4×4.para mais informacoes contata-nos www.viagens-em-marrocos.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...